28/01/2012

Moneyball

O Homem que Mudou o Jogo
Ano: 2011
Com quem? Brad Pitt (Queime Depois de Ler), Jonah Hill (Superbad), Philip Seymour Hoffman (Tudo Pelo Poder), Chris Pratt (Uma Noite Mais Que Louca).
Diretor: Bennett Miller

É sobre o quê?
Billy Beane é o gerente geral do Oakland A's, um time de baseball com um baixíssimo orçamento e que vive perdendo seus jogadores para os adversários mais ricos. Para ~mudar o jogo~, Billy decide fazer algo de diferente: ele e o jovem Peter Brand, passam a usar cálculos de estatística para fazer melhor uso dos seus jogadores zicados e quem sabe, vencer um campeonato.

Eu gostei de:
É uma boa história e muito interessante também. A gente pode ver todo o bastidor do baseball, mas sem enfoque nos jogadores e mais no técnico, gerente etc. Os caras trocam e vendem jogadores como se fossem Zubats e usam várias técnicas de barganha, rs.

O filme não é entediante mesmo sendo meio parado, e não sei dizer exatamente o motivo. Talvez porque todo mundo no filme é contra o esquema dos caras, o que faz a gente ficar com raiva... só esperando as coisas darem certo para esfregar na cara dos malas descrentes, rs.

Além disso, o filme não é só uma sequência de jogos e mais jogos. As coisas ficam mais focadas na gerência da bodega, o que é mais fácil para pessoas como yo, que só conhece baseball de cinema (rebate/agarra/corre).

Eu não curti:
O filme emociona, entretém, faz a gente rir e nos deixa torcendo pelo bem de todo mundo. Só que pouco. rs. Isto é porque o foco principal é O baseball, ponto final.

Os personagens principais são gostáveis e carismáticos, mas só isso... é difícil de se identificar com eles ou até se importar, para dizer a verdade. Até colocam a filha fofa do Billy Beane em algumas cenas e a gente passa até a preferir a menina do que os outros personagens.

Parece que não há muito em jogo para eles. Se nada der certo, eles perdem o emprego, sei lá. Já para os jogadores do time, tudo está em risco... mas os caras aparecem pouco no filme.

E olha, não entendi a indicação do Jonah Hill ao Oscar. Claro que ele está bem no filme, mas nada demais. Lembra da Anna Kendrick em Amor Sem Escalas? O personagem dele é tipo o dela, só que mais sem graça. Ele fica 80% do tempo com essa cara:

sim, também posso fazer drama



E vale a pena?
Até vale. O filme é bom. Só acho meio sem graça escolher este filme para ver no cinema com tantas outras coisas boas em 2012. Quem gosta muito de baseball pode achar mais interessante. É uma história com uma bela mensagem... pena que esta mensagem ficou muito em segundo plano. No fim das contas, Moneyball não mexeu nada muito comigo (fiquei meio emocionado, mas NÃO chorei.... sim é possível).

Você vai gostar se...
VOCÊ É O LOCO DO BASEBALL. Ou se faz estatística/matemática e sempre quis achar um uso mais divertido para os seus conhecimentos.

Em uma verdade: Jonah Hill merecia muito mais uma indicação ao Oscar por Superbad, do que por este papel aleatório.




Sobre o Autor:
Vinnie Vinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

9 comentários:

  1. Jonah Hill merecia muito mais uma indicação ao Oscar por Superbad <33333

    Mas gostei e chorei com o filme rs
    http://www.youtube.com/watch?v=BTHeZyOL0aw :)

    ResponderExcluir
  2. Coisa mais bonitinha essa música, Renan :D

    ResponderExcluir
  3. Né? E oops esqueci de comentar do Chris Pratt pqppqppqp ♥ (isto é um comentário sobre o chris pratt)

    ResponderExcluir
  4. eu gostei do filme,mais achei foi longo de mais ,

    ResponderExcluir
  5. CONFESSO!

    EU CHOREI NAS DUAS VEZES QUE TOCAM ESSA MÚSICA!

    PRONTO! SATISFEITOS? CHOREI MESMO

    ResponderExcluir
  6. UHAUEHUAEHA ALÉM DE MENTIR MENTIU COM CAPS

    ResponderExcluir
  7. Nãão... eu desmenti com caps... falei no post que não tinha chorado, mas achei bad admitir que chorei com a parte mais tosca do filme rs.

    ResponderExcluir
  8. ahuahuahuha ai vinnie, te adoro

    ResponderExcluir