10/02/2012

The Tree of Life

A Árvore da Vida
Ano: 2011
Com quem? Brad Pitt (O Curioso Caso de Benjamin Buttom), Jessica Chastain (Histórias Cruzadas) e Sean Penn (Uma Lição de Amor).
Diretor: Terrence Malick

É sobre o quê?
Grande parte do filme gira em torno da vida de uma família americana nos anos 50. O pai é autoritário e tradicional, a mãe é delicada e protetora e ambos amam os três filhos mais que tudo. Também é mostrado o relacionamento inocente entre as crianças. Só que o filme é mais abrangente que esta história.

Eu gostei de: 
Confesso que eu não tinha muita vontade de ver A Árvore da Vida, não entendia o trailer, as sinopses que eu lia por aí...e isso foi me dando uma grande preguiça. Mas me surpreendi.

O que eu mais gostei no filme foi a parte da história que mais se assemelha a um roteiro tradicional mesmo (claro). O relacionamento dos pais e seus filhos. O irmão mais velho que varia entre o desejo de agradar o pai e a revolta pelo controle que há na sua vida. A inocência do outro irmão, o afeto da mãe e o coração mole do pai (que até me lembrou meu próprio pai às vezes, rs).

Além disso, vemos uma pequena história da vida em si, como o início do universo, a teoria da endossimbiose, dinossauros etc. Coisa que qualquer um da área de biológicas (ou área científica em geral), acharia cool (porque tem uns efeitos muito bons).

A direção é extremamente notável (venceu o Palm d'Or em Cannes), a fotografia é de babar e as atuações são ótimas também, inclusive do elenco infantil.

G_G

Eu não curti:
Até entender qual era a vibe do filme, eu estava achando um tédio: ~A Pedância da Vida~. E realmente não tinha entendido a necessidade de 30 minutos de algo semelhante a um programa do Discovery Channel. Isto foi um ponto negativo, a princípio (e provavelmente pode ser para outras pessoas também). Parecia tudo muito pretensioso e irritante. Coisas assim brocham qualquer um.

da fuq?

Além disso, a falta de linearidade e o excesso de cenas abstratas deixam o filme confuso... e torna difícil curti-lo a não ser que você tenham em mente que isso não. é. um. filme. comum. Não há começo-meio-fim (mesmo que fora de ordem), com uma grande mensagem a ser decifrada ou uma amarração de fatos no final.

E vale a pena?
Vale e não vale. Valeu para mim. No fim das contas eu entendi a ideia do filme. E entendi que o enredo principal era só uma fração do que o filme quer passar. O universo é imenso, coisas acontecem, pessoas amam, pessoas sofrem, pessoas morrem, o gelo derrete, o vulcão explode... e a gente não é nada... e ao mesmo tempo é como se a gente fosse tudo.

Se você... até o final... não conseguir pegar essa vibe do filme (ou alguma outra possível) e continuar esperando uma história mais fechadinha e exata, você vai ACHAR UMA MERDA! hahaha.

Você vai gostar se...
Consegue engolir filmes esquisitos, que tratam sobre diversos assuntos ao mesmo tempo e não são muito lineares, deixando algo no ar a se pensar. Se você curte ver filmes que enchem os olhos com imagens bonitas e bem feitas. Se você também gosta de histórias que falam sobre relacionamentos familiares, com os ups and downs etc. Um filme estilo este aqui é o Melancolia... com isso em mente, já dá pra você saber se vai aguentar ou não A Árvore da Vida.

Em uma vontade inesperada e que vai durar provavelmente só até eu dormir: ter um monte de filhos!




Sobre o Autor:
Vinnie Vinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

5 comentários:

  1. Vale lembrar que todos os efeitos visuais foram feitos "manualmente", com tinta etc, tipo como foi feito em "2001". O que foi até estranho os efeitos visuais não terem sido indicados ao Oscar. A atuação da Jessica Chastain e do Brad Pitt tão fantástica também.
    É um filme muito pessoal, fala sobre coisas muito abrangentes, o significado da vida, de Deus, de família, de perdão. Chorei um bocado assistindo.

    ResponderExcluir
  2. Deu até vontade de assistir o filme de novo, com outros olhos. Infelizmente, acho que não tenho paciência para tanto.

    ResponderExcluir
  3. um filme que não funcionou comigo

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei de Melancolia, depois que "peguei a vibe" e meu professor de uma matéria muito chata de sociedade, disse que era belíssimo. Pretendo ver!

    ResponderExcluir
  5. Dormi nos primeiros minutos. E na segunda tentativa só conseguia olhar o relógio para ver quanto faltava. Realmente um filme 8 ou 80...

    ResponderExcluir