28 de jul de 2012

The Dark Knight Rises

O Cavaleiro das Trevas Ressurge
Ano: 2012
Com quem? Christian Bale (O Grande Truque), Anne Hathaway (Um Dia), Tom Hardy (Guerra é Guerra), Gary Oldman (O Espião que Sabia Demais), Joseph Gordon-Levitt (500 Dias com Ela), Marion Cotillard (Contágio), Michael Caine (A Origem).

Direção: Christopher Nolan (A Origem)

É sobre o quê?
Após assumir a culpa pela morte e os crimes de Harvey Dent (O Duas Caras), Bruce Wayne fica recluso em sua mansão (e Batman desaparece). Oito anos se passam e Gotham parece estar em paz, sem a atuação do crime organizado. Porém, esta paz é ameaçada quando Bane aparece, um terrorista que quer anarquizar e destruir a cidade inteira, o que traz Batman de volta às ruas de Gotham.

Eu gostei de:
Praticamente tudo?? Tá, eu posso estar exagerando, mas este filme é mesmo o que o pessoal tá falando. O negócio é bom mesmo. É lindo ver um roteiro tão bem feito quanto este, nada acontece por acaso no filme, é tudo bem amarrado. E as coisas não param nenhum minuto, são 2 horas e 40 minutos que a gente nem sente passar. 

Acho que este é o Batman da trilogia com mais personagens carismáticos. Temos o Bruce Wayne, a Selina Kyle deliciosa, o Blake que é o policial fofo, a linda da Miranda e até o Bane é divertido! (claro que ele não é nenhum Coringa, né galera?). Honestamente eu nunca me importo com Gotham, e por mim podia tudo morrer aquela porra, só que a sacada de The Dark Knight Rises foi colocar estes personagens que a gente adora + vários coadjuvantes bonzinhos [pfv, Juno Temple no elenco], pra gente realmente se importar com as coisas e não só com "a donzela em perigo" como sempre.

Prova n. 1 - Alfred mais digno que nunca

Prova n. 2 - Blake, fé na humanidade: restored

Prova n. 3 - Tensão sexual lvl 9000

E é ação o tempo todo. Tudo grande, tudo épico e catastrófico (é o Christopher Nolan botando pra fuder haha). Não é algo tipo The Avengers, com pancadaria e muito humor (o que é muito divertido, claro), mas este é um filme sério, assim como foram os anteriores. Então o roteiro tem muito mais conteúdo intercalando entre as cenas de porradas, explosões e perseguições. Tem até uns twists interessantes também, que me surpreenderam rs.

Eu não curti:
Olha, como um todo, não tem muito o que colocar defeito. Mas tem um pequeno aspecto que me deixou #chatiado, rs. E foram os combates corpo-a-corpo. Eu adoro filmes de artes marciais e uma luta bem coreografada. Claro que o Batman e o Bane, dois ogros pesados, não iam proporcionar isso né? O negócio deles foi mais Boxe/UFC.

Mas temos a Selina Kyle mano! Linda, flexível, ágil... e quase todas as porradas dela foram filmadas da cintura pra cima. WTF? Ficou meio chocho, sei lá. Até a - deus que me perdoe - Halle Berry teve umas porradas mais interessantes. Também não curti o fato da Selina Kyle parecer muito girl next door, sabe? Era o ideal para a história, mas eu esperava alguém mais problemática.


E vale a pena?
Vale! E como! Eu assisti o tempo todo desejando que nunca acabasse! Sério, por mim o filme poderia ter pelo menos mais 30 minutos, rs. Tem roteiro sério, interessante, personagens carismáticos e verossímeis + toda aquela marmelada de filmes de herói. Ou seja, só aproveitar.

Você vai gostar se...
Gosta de Batman e se curtiu os outros filmes da trilogia. Este não vai deixar você na mão, é tão bom quanto o anterior. Se curte uma boa ação, ou se simplesmente quer gosta de ver coisa bem feita, tá aí um exemplo. Quem curtiu Inception, vai adorar rever 5 atores do elenco neste filme novamente.

Em um discurso motivacional:





Sobre o Autor:
Vinnie Vinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

15 comentários:

  1. O melhor filme da trilogia, SEM DÚVIDA. Assisti ontem no cinema - com um cara fantasiado de Bane na minha fileira #medo - e sai da sessão repetindo a cada 5s como esse filme foi FODA. O Triste é que acaba por aqui :\

    ResponderExcluir
  2. #MOHENDO# PRA VER. CU DE CIDADE SEM CINEMA

    ResponderExcluir
  3. aliás, Olha, eu sei que o post de sugestões é no facebook, mas eu não consigo postar porque tem o meu nome etc, af ):
    então, seria legal ter no blog Dogville, The Virgin Suicides, Across The Universe, Le Feu Follet, Serial Mom, The Royal Tenenbaums,Mr Nobody, Drop Dead Gorgeous (esse é uma comédia demais! tem até uma dança com deus na cruz, rs, sério). Ai, daria pra falar um monte! O blog já é muito amorzinho, e acho que esses filmes seriam ~~agradáveis~~ de se ver, e de postar!!! ENFIM, N SEI~~ desculpa por postar aqui

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Qual o problema do seu nome no facebook, Mr. Anônimo??

    ResponderExcluir
  6. Filme foda demais. Concordo com tudo aí pra falar a verdade. Também fiquei esperando que as lutas fossem mais ~fodásticas~ mas nem sei, ficou tudo tão bom que deixei pra lá. E chorei demais no final. A reação final foi essa :-(-:

    Eu vi na première do RJ e foi tudo tão lindo, gente, todo mundo satisfeito e com um sorriso bobo no rosto! Achei que iam reclamar da quantidade de horas, mas nem :-) (e não morri)

    ResponderExcluir
  7. Nossa, isso foi lindo, foi demais.
    Cada cena que Christian Bale e Anne Hathaway faziam juntos, eu só conseguia pensar: TRANSEM!!!

    Os twists, as surpresas, tudo. O medo constante de tudo dar errado. O outro medo constante de alguém levantar na sala de cinema e metralhar todo mundo.

    Uma experiências inesquecível <3

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei o filme

    Mas admito que o corte de 1:20 que o Nolan teve de fazer fez muito mal ao filme, que tem uns furos de doer.

    Mas eu adorei mesmo

    ResponderExcluir
  9. nao tem problema, é vergonha, na vdd )-:

    ResponderExcluir
  10. Só eu que senti falta do "meau" da mulher-gata? hahaha não reparei se teve... Mas adorei!

    ResponderExcluir
  11. Acho que não tem quase nenhuma referência a gatos, a não ser pelo "The Cat" que aparece em algum jornal no filme.

    ResponderExcluir
  12. SPOILER SPOILER SPOILER SPOILER
    tem muitos méritos, mas as falhas ficam doendo na minha cabeça (e por mais melodramático que pareça, no coração também - sou noloniana desde sempre)..
    realmente são quase três horas, mas que eu nem senti passar.. foi lindo ver Joseph Gordon-Levitt, (só eu que acho ele a reencarnação do Heath Ledger de tão parecido?!) no diálogo dele com Bruce Wayne já tava na cara que ele seria o Robin, vibrei com isso.. ver a Juno Temple fazendo ponta (eu já tava achando que ela a Selina tinham um lance).. vontade de chorar toda vez que Caine abria a boca (melhor atuação do filme foi a dela, totalmente verossímel).. Anne Hathaway indo do 8 a 80 em 1 segundo (a cena dela no bar fazendo a histéria foi foda).. e gostei da pontinha do Cillian Murphy como juíz..
    mas poxa.. não consegui ter empatia por nenhum dos personagens, nenhum me fez torcer ou vibrar.. achei que esse foi o filme mais clichê de Nolan.. tudo feito na forminha.. não sei se as partes que precisaram ser cortadas fariam essa diferença..o envolvimento do Batman com a Miranda do nada só pra justificar uma reviravolta no final (como a relação deles foi forçada não criou aquele climão de decepção).. a cena do estádio poderia ter sido mais homérica (porque não explodir o estádio todo?? - o Coringa explodiu um hospital, bons tempos)... gente.. o Batman é o que? O Wolverine? Que recuperação foi aquela?? Clichê atrás de clichê.. tsc tsc tsc.. E o mais incrível.. explodir uma bomba, não uma bomba qualquer, uma bomba atômica e sobreviver?!.. Não, não curti esse final dando brecha para um quarto filme..
    Mas de maneira geral eu curti sim, mesmo não sendo o melhor e nem o segundo melhor de Nolan, também não é o pior.. E não consigo dizer que não gostei, porque sou fã demais e a imparcialidade aqui não existe..

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  15. QUE FILME FODA. Sério. Concordo com a Raphaela B., cheio de clichês e uma relação forçada mas... não tirou o brilho do filme. Sei lá, foi agoniante, o filme ia passando e você sofrendo com o Batman, aquela coisa linda. E o Alfred? Como não amar o melhor mordomo do mundo inteiro? Sério, esse filme foi 5 estrelas fácil. A única coisa que REALMENTE eu não gostei foi a Mulher Gato. Quer dizer, a falta dela né? A Anne Hathaway fez um ótimo papel e tal, MAS ESSE PAPEL NÃO ERA A MULHER GATO. Foram desnecessárias as notícias "Hathaway é a nova Mulher Gato" bla bla A personagem dela foi maravilhosa sem isso.

    ResponderExcluir