• Cloud Atlas: Uma viagem pela história da humanidade.

  • Gangster Squad: Emma e Ryan sendo uns lindos.

  • Les Misérables: ♫ But the tigers come at niiiight ♫

30 de abr de 2012

The Human Centipede (First Sequence)

A Centopeia Humana
Ano: 2009
Com quem? Dieter Laser (A Honra Perdida de Katrina Blum), Ashley C. Williams (Empty), Ashlynn Yennie (Absent Father) e Akihiro Kitamura (I'll Be There WIth You).
Direção: Tom Six

É sobre o quê?
Dr. Heiter é um cirurgião famoso por separar gêmeos siameses. No auge de sua loucura e no final de sua carreira, o médico decide unir, ao invés de separar. Seu plano é construir uma centopeia humana, juntando três pessoas e criando um único sistema digestivo para elas. Enquanto isso, Lindsay e Jenny são duas amigas que estão passando as férias na Alemanha, e quando o carro delas quebra no meio de uma estrada escura, as garotas decidem pedir ajuda na casa do Dr. Heiter. E elas não poderiam ter tomado uma decisão pior...

Eu gostei de:
A ideia desse filme é INSANA. É completamente intrigante, é maluca mesmo. O Dr. Heiter é um doente e, por mais que muita gente tente provar o contrário, personagens assim são fascinantes.

Eu não sei se deu pra entender ainda como funciona essa coisa de Centopeia Humana, então vou deixar os desenhos do Dr. Heiter explicarem por mim:

achei didático, rs
Pode me chamar de maluco, mas eu fiquei com vontade de ver a merda que isso ia dar. Eu nem pisquei o olho. O suspense por trás da história me prendeu, e a ruindade no olhar do médico louco me deixava empolgado a cada cena. ALIÁS, ele é o único personagem que presta no filme, rs. Porque não escolheram um ator e mandaram ele fazer uma cara assustadora. Escolheram um cara (esse Dieter Laser) que já nasceu com essa cara de capeta. Então, toda vez que ele abria a boca pra falar qualquer coisa, já era motivo pra eu ficar com medo.


Eu não curti:
Da mesma maneira que a história me fascinou, ela me deixou bem perturbado. Algumas cenas do filme me chocaram bastante e não saem da minha cabeça. Não sou desses que tem nojo de filme com sangue ou qualquer coisa, vejo tudo sem frescura. Mas aqui estamos lidando com uma bizarrice extrema.

Isso tudo sem contar que o filme tá cheio de bad acting. As mocinhas indefesas da história são duas personagens totalmente irritantes, e fica difícil torcer pra elas desse jeito. Eu entendo que não devia ter uma fila muito grande de gente querendo um papel pra ficar o filme inteiro com a cara enfiada na bunda de um japonês, mas ainda assim, deve ter gente melhor pro papel no mundo, rs.

pfvr levando a centopeia pra passear
Mas e aí? Vale a pena?
OLHA, é bem trash, não é nenhuma obra prima, e algumas partes são meio nojentinhas. Vale a pena pelo shock value. Pra você poder dizer pras pessoas que já assistiu e tal. Mas não é o tipo de filme que eu recomendaria pra todo mundo. Até porque, tecnicamente, é muita tosqueira, haha.

Você vai gostar se...
Se curte histórias sobre gente doentia, que não tem controle algum. Se gosta de roteiros bizarros, gore, gente sofrendo, etc. EM PARTES me lembrou um pouco A Pele Que Habito. Mas só EM PARTES. Não venham me encher o saco dizendo que não tem nada a ver, porque eu sei que não tem. Só me lembrou EM. ALGUMAS. PARTES. rs

Em um momento tenso:





Sobre o Autor:
Vitor Vitor. Meu gosto pra filmes é uma bagunça. Curto dos mais clássicos aos mais zuados. Tudo depende do dia. Tem dia que acordo querendo ver carros explodindo e tiro pra todos os lados. Tem dia que estou no clima pra ver filme de mulherzinha, com roteiro batido e final feliz. Gente cult me mata de preguiça. [Perfil completo]

29 de abr de 2012

Grey Gardens

Grey Gardens
Ano:
2009
Com quem?  Drew Barrymore (Whip It / Amor à Distância / Todo Mundo Diz Eu Te Amo) e Jessica Lange (Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas).
Diretor: Micheal Sucsy

É sobre o quê?
"Grey Gardens" é um filme inspirado no documentário homônimo de 1975 que conta a história de mãe e filha chamadas Edith Bouvier Beale, tia e prima em primeiro grau de Jacqueline Kennedy. "Big Edie" e "Little Edie" são interpretadas por Jessica Lange e Drew Barrymore. Na trama, as duas são mulheres do jet-set da época - anos 40 e 50 - que depois, já nos anos 70, estão completamente pobres numa mansão em East Hampton (NY), propriedade que dá nome ao filme. Através da mídia, o mundo descobre que as duas moram nessa casa decadente entre pulgas e pequenos animais e por conta das precárias condições de higiene, as duas mulheres são obrigadas a deixar o lugar, sendo "salvas" por Jackie.

Eu gostei de:  
Muita gente considera a Drew Barrymore uma atriz ‘okay’ e fofinha. Que sempre faz papeis fáceis e coisas assim, os chatos já nem gostam dela e tem muita gente que não sabe como ela é AWESOME. E eu não digo só como atriz, mas como produtora e diretora também. Eu já era super fã dessa linda faz um tempo então ver a Drew em um papel aparentemente a típico foi ótimo. Ela consegue sambar na cara de qualquer um que diz que tudo que ela já fez é apenas medíocre.

Personagens como Little Edie são difíceis de não cair no ridículo e são muito mais fáceis de fazerem rir do que emocionar. No começo da história, com um ar meio “WTF”, achei que tudo ia ser cômico e escrachado.  Um desses filmes em que situações sérias são postas em cenários ridículos só para conseguir uma piadinha sem graça. Quebrei a cara logo depois dos primeiros flashbacks. A sensibilidade do filme consegue transformar duas situações não comuns, como a vida da Big Edie e Little Edie, em lições de vida e amor. Sem toda aquela babozera que a gente costuma encontrar nos bombons, mas situações tão surreais que só podiam ter acontecido na vida real. Vamos tentar explicar assim: quanto mais louco o ser humano é, mais emocionando a história (e as atuações) vão ser.


Outra coisa que surpreende é a produção do filme. Normalmente filmes feitos pela TV são medianos e esquecíveis, ainda mais quando adaptados de livros ou documentários. Com Grey Gardens a situação é oposta porque tudo é impecável. Eu não consegui encontrar nenhum desgosto na fotografia, na trilha sonora, no figurino, nas locações, em nada. (E olha que desde que comecei a postar no Filmes e Pizza o que eu mais procuro em filme é erro.) Todo o filme, do começo ao fim, transmite uma importância em retratar da melhor maneira uma história tão única e especial. E como a Drew Barrymore mesmo diz que não participa de filmes que não gosta e nos quais as personagens não são partes dela, você pode supor que o que não falta aqui é situações embaraçosas, engraçadas e extremamente-mortais-fofas!   

Eu não curti: Vocês já podem me julgar em 3...2...1: eu não consigo gostar da Jessica Lange. Ela não me agrada em nenhum aspecto. Ela atua bem no filme? Sim, ela faz um papel sensacional e não deixa nada a desejar, mas sabe quando uma pessoa de dá arrepios de uma maneira ruim? Então... ela e o Freddy Krueger estão lado a lado na minha lista.

Eu não sei de onde criei essa birra, mas eu REALMENTE não a suporto. Sempre acho que ela é a mesma pessoa sempre... a mesma pessoa que vai sequestrar seus filhos e transforma-los em limpadores de chaminés zumbis.  
Drew fofa :-3 / Jessica Lange assustadora D-:

Vale a pena? Sem dúvida alguma. O filme é uma das melhores produções biográficas que eu já vi. Mais pela história do que pela produção em si, porém não posso deixar de lado o aspecto mais comentado desse filme que é sua perfeição em detalhes. Não tem nada errado no filme. O desenvolvimento consegue explicar tudo na hora certa; as atuações crescem nos momentos que precisam para emocionar. É realmente perfeito.

Você vai gostar se... Gosta da Drew Barrymore e quer ver o melhor papel que ela já interpretou em toda sua vida. Garanto para você que ela é a coisa mais fofa do mundo em Grey Gardens, mais fofa que em ET!


Em uma palavra: OWWWWWWWWWWWWWWWWNNNNNNNNN!!!



Sobre o Autor:
Kabe Kabe. Eu costumo prestar atenção em detalhes sem relevância nos filmes e expandir a história na minha cabeça antes mesmo dos créditos iniciais começarem. Um filme perfeito seria aquele sem gênero definido em que a Elle Fanning chora com um Alien de bow tie enquanto o espaço explode em slow motion. Ah, e eu converso com os personagens. [Perfil completo]

28 de abr de 2012

Pizza-Delivery: links da semana #60



Links de download de todos os filmes que a gente postou aqui no blog durante a semana. Não ganhamos nada com isso e estamos apenas compartilhando links que já estão disponíveis na internet. Não nos responsabilizamos pelos downloads feitos pelos leitores e pelas maneiras como os filmes serão utilizados. Também não é nosso papel repôr links quebrados.

Pizza-Delivery rola aos sábado aqui no blog. Não precisa mais correr atrás.
A gente entrega na sua casa!

Só pra lembrar, os links agora estão sendo postados em Torrent, porque é bem mais durável e bem mais seguro. Bom final de semana.



He's Just Not That Into You (Ele Não Está tão Afim de Você) → Link
Haywire (À Toda Prova) → Link
O Homem do Futuro→ Link
What a Girl Wants  
(Tudo Que Uma Garota Quer) → Link 
Os 3  → Link
The Avengers (Os Vingadores) → Em Cartaz nos Cinemas  

The Avengers

Os Vingadores
Ano: 2012
Com quem? Robert Downey Jr. (Sherlock HokmesHomem de Ferro 2), Chris Evans (Capitão América - O Primeiro Vingador), Mark Ruffalo (Ilha do Medo), Chris Hemsworth (Thor), Jeremy Renner (Missão Impossível - Protocolo Fantasma), Tom Hiddleston (Thor), Scarlett Johansson (Compramo um Zoológico) e Samuel L. Jackson (Pulp Fiction).
Direção: Joss Whedon

É sobre o quê?
O Planeta Terra está ameaçado por uma nova forma de energia vinda de outro planeta, e para salvar a nossa espécie, o agente Nick Fury decide colocar em prática um plano que já estava na gaveta há algum tempo: Os Vingadores.
Este é um grupo de pessoas com poderes ou habilidades notáveis, formado pelo Homem de Ferro, Hulk, Capitão América, Thor, Viúva Negra e Gavião Arqueiro. Esses 6 heróis unem suas forças para derrotar Loki, o rei banido de Asgard, que quer transformar a raça humana em escravos submissos ao seu poder.

ATENÇÃO: Devido a awesomeness desse filme, os comentários de apenas um de nós seria muito pouco aqui no blog, então, toda vez que você ler uma frase escrita em vermelho, fique sabendo que é um comentário do Vinnie sobre o meu comentário. Deu pra entender? rs

Eu gostei de:
PQP, QUE FILME ÓTIMO. Eu nem sei nem por onde começar. Não sei nem quais palavras usar. Penso em usar um monte de palavrão pra expressar minha empolgação e satisfação com os Vingadores, mas deixa eu tomar vergonha na cara e fazer um post decente, falando ponto a ponto o que mais me empolgou.

O time inteiro trabalha muito bem junto. Todo o elenco tem uma química incrível, e juntos eles ficam tão poderosos que eu ficava sentado na beiradinha da cadeira do cinema porque queria ver mais de perto. Awesome cast is awesome. 

s2
O diretor soube trabalhar cada herói dentro de sua individualidade. Não existe um protagonista. Apesar do Tony Stark ser aquele que sempre acaba unindo todo mundo com suas tiradas engraçadas, ele não fica tanto no spotlight como eu achei que ficaria. Todo mundo tem seu momento, todo mundo mostra a cara. Achei ótimo.

Concordo. Minha preocupação era com a Viúva Negra. Pensei que ela seria só um rostinho bonito pros geeks ficarem felizes. Mas ela faz muita coisa importante! Joss Whedon é ótimo com heroínas badass, né?

A surpresa mais agradável pra mim foi o Mark Ruffalo, que trouxe um Hulk cativante pros cinemas. Sempre achei Hulk um herói meio babaca, e seus filmes anteriores não me ajudaram muito a mudar de opinião, rs. Mas agora, todo reformado e de cara nova, o monstro verde ganhou meu coração e respeito. Como um dos heróis mais divertidos do filme, Hulk fez o pessoal da minha sala de cinema bater palmas (povo caipira) em todas as suas entradas épicas /o/. Mano, eu estou apaixonado pelo Hulk, nunca curti esse ogrão também, mas ele foi o mais foda de todos, rs.


O vilão Loki, que acaba ficando meio apagadinho na sua aparição em Thor, ganha todo o destaque que merece em Os Vingadores e o Tom Hiddleston tá ótimo no papel. Os efeitos especiais são animais, a ação não acaba nunca e o filme está cheio de cenas pra te deixar sem ar. Meus olhos ficaram brilhando o tempo todo. Tem mais luta corpo-a-corpo que raios laser etc. Perfeito.

E um detalhezinho que me deixou todo bobo (a mim também!) foi poder ver a Cobie Smulders num papel tão diferente da Robin de How I Met Your Mother. Fiquei apaixonado, rs. Na verdade achei ela bem parecida com a Robin, badass e fofinha...


Eu não curti:
Sem papo furado, não consigo pensar em nenhum defeito pra jogar no filme. Tudo lindo, tudo ótimo.

Sério Vitor? Pois eu tenho uma única crítica. Eu senti falta de momentos de tensão genuína, sabe? Achei que o humor (que funcionou bem em todos os momentos), acabou ofuscando um pouco o aspecto de "É O FIM DO MUNDO". Adoraria que tivessem umas cenas de "roer as unhas", mas os personagens são tão fodões, que a gente nem considera a existência de um perigo real.

Mas e aí? Vale a pena?
LÓGICO. Um dos filmes mais aguardados por mim nesse ano que não me decepcionou em momento nenhum e superou minhas expectativas. O filme tá cheio de referências dos ''filmes solos'' anteriores, mas dá pra ver de boa, mesmo sem ter assistido nenhum dos filmes que deram origem a Avengers. E pra quem sempre pergunta: Sim, o 3D tá bom demais, rs. Eu vi o 2D e achei incrível mesmo assim. Se você quer ver ação, humor e heróis Marvel. Você vai amar.

Você vai gostar se...
Se gosta de filmes de heróis, se curtiu os filmes anteriores, se gosta de ação sem fim ou se quer ver a Scarlett sendo gostosa com uma arma na mão e a cidade explodindo em volta. 


E se você não é um daqueles malas que quer achar um enredo profundo e realista em filmes deste naipe. 

Em um item temático que eu gostaria de ter em casa: Um par de almofadas "The Avengers", rs.



Sobre o Autor:
Vitor Vitor. Meu gosto pra filmes é uma bagunça. Curto dos mais clássicos aos mais zuados. Tudo depende do dia. Tem dia que acordo querendo ver carros explodindo e tiro pra todos os lados. Tem dia que estou no clima pra ver filme de mulherzinha, com roteiro batido e final feliz. Gente cult me mata de preguiça. [Perfil completo]

e eu! rs

Sobre o Autor:
VinnieVinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

27 de abr de 2012

[CONCURSO CULTURAL] Almofadas dos Vingadores


Para comemorar a estreia de um dos filmes mais esperados do ano, nós do Filmes e Pizza resolvemos dar dois presentes para os leitores. Hoje (27/04) chegou aos cinemas o aguardado The Avengers! E o vencedor do nosso concurso leva pra casa essas duas almofadas exclusivas dos heróis:


Isso mesmo, as duas :D E pra ganhar essa ~lembrancinha~, você precisa ser criativo! (ou tentar ser, rs) O concurso é dividido em duas etapas, e eu explico tudo direitinho pra vocês.


Você tem até o dia 6 de maio para preencher o formulário do concurso com seus dados e uma frase para completar o balãozinho nessa foto:


ETAPA ENCERRADA.

Não existe limite de palavras para a resposta, mas vamos usar o bom senso né glr? rs

As 5 respostas mais criativas serão selecionadas para a etapa seguinte.


Os finalistas já foram selecionados. Você pode ver as 5 frases mais criativas clicando aqui, e curtindo sua favorita. A frase com mais likes até a noite do dia 13 de Maio, leva o prêmio pra casa :D


E, logo em seguida, a gente fica sabendo quem é o grande vencedor que vai ganhar as almofadas dos Vingadores. Tá muito fácil ganhar, então participe agora, porque essas almofadas são exclusivas e você não vai encontrar nenhuma igual por aí (sério mesmo). CORRE GENTE :D

Algumas regras importantes:
  • O vencedor deve residir e ter local de entrega no Brasil.
  • Para receber o prêmio, o dono da frase mais curtida deve curtir a nossa página no Facebook. Se não curtir, deu mole e quem ganha é o segundo lugar.
  • O prêmio chegará na casa do vencedor em até 30 dias.
  • Cada participante pode enviar apenas uma frase por perfil no Facebook. Perfis de empresas, blogs, sites etc, não serão aceitos. 

Os 3

Os 3
Ano: 2011
Com quem? Victor Mendes (Tudo que É Sólido Pode Derreter), Juliana Schalch (Morde & Assopra), Gabriel Godoy (Mais Uma Noite), Sophia Reis (Meu Tio Matou Um Cara)
Diretor: Naldo Olival

É sobre o quê?
Cazé, Camila e Rafael se conhecem numa festa no início da faculdade. Logo eles passam a morar juntos e andar grudados o tempo todo. Eles têm uma regra de que ninguém pode ficar com ninguém... mas com o tempo começam a sentir dificuldade em manter a promessa. Quando eles se veem no fim da faculdade, percebem que devem se separar. Porém, surge uma proposta de transformarem o apartamento num reality-show (!) e esta parece ser a oportunidade ideal para continuarem vivendo juntos.

Eu gostei de: 
Da história ser tudo o que eu quero na minha vida?

Vamos lá. Imagina você poder ficar em casa, recebendo dinheiro só pra ficar/viver lá... de boa, curtindo com os seus amigos e tal... NUM LOFT EM SP. Agora pensa que é tudo uma grande suruba (de 3 rs). Sério, é pedir muito, universo?

trabalhano...

Ou seja, gostei da ideia desse roteiro. Embora este tema seja mega batido, tem elementos originais na história (como o reality show por exemplo) e os personagens são mais ~reais~. Não são cults revolucionários ou junkies rebeldes, eles são normais e dá vontade de ser amigos deles etc. É como olhar a rotina de uma mini república. (se bem que a minha república és mucho mais tensa rs).

ninguém tem ressaca no primeiro ano de faculdade, né?

Achei gostoso de assistir, o filme é rápido (70 min), então não dá tempo de ficar entediado. É bem descontraído, tem até alguns twists... e no fim das contas eu me diverti bastante.

Eu não curti:
Então. Não sei porque o filme é tão curto assim. Deve ter acabado o dinheiro acho, porque algumas coisas poderiam ter sido melhor exploradas. Por exemplo, a gente não tem um background decente dos personagens, tudo o que a gente precisa saber sobre eles é falado em coisa de 10 minutos. Então quando chega a parte mais "presente" da história, a gente não tá muito por dentro do que cada um sente ou pensa em relação ao outro, à situação etc. Ficou superficial.

Por falar em superficial.... Eu achei as atuações bem mais ou menos. A parte mais light e descontraída, eu achei bem legal, porque pareceu tudo natural e não eram aqueles diálogos forçadérrimos de Malhação, ou outra coisa que tenha o Fiuk. Achei super convincente (ponto para os roteiristas também). E eles também bastante química entre si.

Já a parte mais dramática do filme deixou um pouco a desejar. Porque além da gente conhecer pouco os personagens, eles também não passam lá muita emoção. Há uns 3 ou 4 grandes momentos (tipo o final) que eu até percebi a intenção do diretor, mas não rolou a coisa. (Não sei pq o diretor não gritou: "vamo lá galera, vcs podem fazer melhor que isso pelamor").

Três tigres tristes...

E vale a pena?
Vale se você se interessou pelo que eu disse nos 2 primeiros itens. Não é um puuuuta filme, obviamente, mas não é ruim. Não é mal executado, não é trasheira, muito menos irrelevante. É uma coisa simples, não é pretensiosa nem nada. Achei que, pela proposta, foi um bom resultado. Eu assistiria de novo se passasse na tv.

Você vai gostar se...
Gosta de filmes sobre a ~mocidade~ e tal (kes). Se você acha legal este tema de triângulo amoroso (threesome), como eu, vai curtir esta abordagem aqui.

Se você assistiu e gostou de filmes como: Les Chansons D'Amour, Les Amours Imaginaires, Le Dernier Jour, Ken ParkThreesomeOs Sonhadores... significa que você tem problemas, adora uma coisa poligâmica e vai morrer sozinho, assim como eu! BOOM SEU FUTURO.

Em um detalhe que, não sei como, passou despercebido por todos: Todos os personagens são do interior de São Paulo, e TODOS tem o sotaque paulistano... sério, tipo: "Oi, moro numa fazenda, meu" *voz do Supla*




Sobre o Autor:
VinnieVinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

26 de abr de 2012

Todo mundo adora uma lista #9: Grandes franquias do cinema.

O cinema é cheio de filmes recordistas de bilheterias e inesquecíveis, né? A maioria deles faz partes de franquias conhecidas por todo mundo e é lembrada durante muuuuuito tempo.  Seja por um detalhe que for, ou pelo conjunto da obra, elas não saíram da cabeça das pessoas e conquistaram gerações. Lógico que existem muitas e em diversos gêneros, na lista dessa semana, selecionei algumas que são ótimas, e além de terem quebrados muitos recordes, tem muitos fãs por ai. VEM GENTE!


Quantos filmes? 8
Desde 2001, quando o primeiro dos 8 filmes foi lançado, Harry Potter virou sinônimo de dinheiro fácil. Sem contar os livros que originaram a série, várias coisas relacionadas a este ‘mundo’ foram lançadas. Cadernos, lancheiras, mochilas, bonecos, vídeo games.. PARQUE DE DIVERSÃO.. e somente os filmes arrecadaram mais de U$7 BILHÕES nos cinemas. Sem contar a legião de fãs e haters que a saga ~~do bruxinho mais querido do mundo~~ foi adquirindo ao longo desses 10 anos. Muitos podem odiar (o que eu acho super esquisito, by the way) mas é inegável que ‘Harry Potter’ se tornou uma das maiores e melhores sagas do cinema atual. CHUPA, HATERS!
Um momento mais do que marcante:  Clique aqui


Quantos filmes? 3
Um dos mundos mais fantásticos e lindos que já foram criados na literatura e adaptados para o cinema. A história  - longa, cheia de personagens e nomes esquisitos para decorar - é ótima e cheia de mistérios. Você assiste e fica encantado com tudo que está vendo, mesmo sendo séria e lotada de mortes, guerras e caos, rs.  Assim como ‘Harry Potter’, esta saga também originou jogos e vários produtos relacionados. ‘OSDA’ arrecadou mais de U$3 BILHÕES nos cinemas e ao total, os 3 filmes receberam as humildes 30 INDICAÇÕES ao Academy Awards, mais conhecido como... Oscar, ganhando 17 delas. Ah, além disso conta com uma horda fiel de fãs, que sabem as falas (tanto do filme, quanto do livro) de cor e inclusive sabem falar na ~~linguagem dos elfos~~, rs.
Um momento marcante:  Clique aqui


Quantos filmes? 4
‘Indiana Jones’ é uma franquia um pouco mais antiguinha, porém, TODO MUNDO, mesmo que não tenha assistido aos filmes, sabe reconhecer a música tema, o chicote, o chapéu (que por sinal, é fabricado aqui no nosso Brasilzão, vocês sabiam?) e até mesmo algumas referências deles em outros filmes. Indy (#intimidades) é um dos personagens mais carismáticos e envolventes do cinema, nós realmente embarcamos com ele em suas aventuras e torcemos que nem loucos pra ele se dar bem. Ele foi criado por ninguém menos que George Lucas e Steven Spielberg; e também deu origem a jogos e inclusive uma série de TV nos anos 90 que mostrava sua juventude: ‘O jovem Indiana Jones’, eu lembro, rs. Se você não assistiu, assista! To falando sério, os filmes são muito, muuuuuuuito legais! E ah, os produtores estão querendo dar continuidade na série, focando no filho do cara, que foi interpretado por.. Shia Labeouf! Sei não ein....
Uma música tema marcante: Clique aqui


Quantos filmes? 3
NOTA: Este que vos escreve, NUNCA assistiu ‘O Poderoso Chefão’. Eu sou a vergonha de uma nação. Eu não sou digno de todos os filmes que já vi. Eu mereço uma severa punição :(
3 filmes. 3 clássicos. 3 indicações ao Oscar de melhor filme e trocentas em outras categorias. Trilha sonora clássica. Frases clássicas. Cenas clássicas. E além de tudo, todo mundo que já viu este filme, NUNCA ESQUECE. Acho que tudo isso define o motivo dela SEMPRE figurar entre as maiores e melhores do cinema, não?
Um momento marcante: Como eu não assisti o filme, não tenho como falar. Que tal vocês que já assistiram, deixar algum ai nos comentários? :D


Quantos filmes? 3
Um dos maiores clássicos (se não for o maior, viu?) dos anos 80. A história é foda, os personagens são fodas, tudo é foda nessa delicia. E ainda é daqueles filmes que você nunca esquece, sabe? Robert Zemeckis criou um filme com frases e coisas memoráveis que conquistou um montão de fãs. Tem o Delorean, o Capacitador de Fluxo, o Nike que amarra sozinho, o Skate Flutuador, são tantos detalhezinhos que deixam o filme muito mais legal do que já é. Depois do filme, lançaram um desenho baseado nele que infelizmente não era tão legal. A trilogia ‘De Volta Para o Futuro’ está na 28ª posição dentre os 50 melhores filmes colegiais e eu acho MUITO injusto, rs.
Um momento marcante: Clique aqui


Quantos filmes? 6
‘Star Wars’ é a alegria dos nerds. A saga é adorada, cultuada e louvada por muitos fãs, que inclusive sabem as falas de cor e transformaram o filme em uma espécie de religião. Se é amada por muitos, é  também odiada por muitos, ‘SW’ é motivo de guerras entre família, fins de namoro, inimizade entre amigos e até mesmo MORTE, rs. A série criada por George Lucas, é bem foda, o roteiro é simplesmente incrível e com certeza um dos maiores clássicos do nosso cinema. Ao total, foram arrecadados mais de U$4 BILHÕES e além dos filmes, foram feitos alguns spin offs de personagens, séries de TV, jogos de vídeo game, brinquedos e por ai vai..
Um momento marcante: Clique aqui (É o spoiler que todo mundo já conhece, rs)


Quantos filmes? 4
Quando o primeiro filme estreou em 2003, ninguém imaginava que fosse fazer tanto sucesso e dar início a uma das franquias mais lucrativas dos últimos tempos. Os piratas estavam em baixa e ninguém acreditava no sucesso do filme. TAPA NA CARA DE TODO MUNDO. Os quatro filmes já arrecadaram quase U$4 BILHÕES e levaram a fama de Johnny Depp, Keira Knightley e Orlando Bloom (argh!) às alturas. As cenas de aventura, a trilha sonora e acima de tudo, a fotografia, são sensacionais e ninguém pode botar defeito.
Uma frase marcante: Clique aqui


Quantos filmes? 3
‘Matrix’ é daqueles filmes que quando terminam, você ta com o cérebro cheio de nós. Da galera que assiste, muitas amam, outras não entendem porra nenhuma, e outras não conseguem explicar nada do que viram. Eu pelo menos entendi, mas não sei explicar ele não,  rs. Mesmo sendo um tantinho complicado, é um filme super visionário e muito, muuuuito original. Em 1999 todo mundo só falava nesse filme e em seus incríveis efeitos especiais (que hoje em dia já não são mais tuuudo isso, haha). Lotado de cenas e frases clássicas, a trilogia ‘Matrix’ deu origem à jogos de vídeo game (dãããã, óbvio) e uma série de curtas animados. Arrecadou ‘’pouco’’ nas bilheterias, algo em torno de U$1 BILHÃO, mas foi o suficiente para fazer história e ser lembrado no Hall das maiores franquias do cinema.  UuUUuuUu.
Um momento marcante: Clique aqui.


Quantos filmes?  10 filmes, 1 remake e 1 crossover  com Freddy Krueger.
Ai ai.. ‘Sexta Feira 13’ é o guilty pleasure da galera mundo afora. Quem nunca ouviu falar de Jason Voorhees e seu facão? Quem não se diverte com os jovens idiotas e as cocotas correndo peladíssimas e implorando por suas vidas? Em 12 filmes, Jason já matou 285 pessoas, de diversas maneiras. Jason já foi pro futuro. Jason já matou cadeirante. Jason já foi para o inferno.  Jason já foi empalado, enterrado, esfaqueado, atropelado, atingido por raio, afogado e entre outras coisas, mas mesmo assim NÃO MORREU. ‘Sexta Feira 13’ é uma das franquias mais lembradas e parodiadas de todos os tempos e ocupa um lugar no coração de todos os fissurados por filmes de terror, inclusive o meu <3
Em 13 mortes marcantes: Clique aqui (A minha favorita é a número 13, rs)


Quantos filmes? 22 (No final deste ano, será lançado o 23º)
James Bond é um personagem invejável. Sempre rodeado de luxo, dinheiro, mulheres bonitas (também conhecidas como Bond Girls) e viajando para os melhores lugares do mundo. Além de tudo isso, o cara é FODA. Ele sabe todas as artes marciais, manuseia qualquer tipo de arma, se joga de alturas medonhas, surfa em... tsunamis e o caramba. O cara é o verdadeiro ‘pica grossa’. Ao longo dos anos, foi interpretado por diversos atores: Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalthon, Pierce Brosnan e atualmente é interpretado por Daniel Craig. Além de cenas de ação sensacionais, os filmes são sempre marcados por aberturas musicais com artistas consagrados. Madonna, Alicia Keys, Chris Cornell, já fizeram parte delas. É uma franquia muito legal, devo ter visto uns 8 ou 9 filmes e todos os que eu vi (exceto Quantum of Solace e Um Novo Dia Para Morrer que são muito ruins!) são muuuito legais, vale bastante a pena. Uma das minhas metas de vida é assistir todos os filmes do espião mais amado do mundo :D
Uma cena (absurda) e marcante: Clique aqui


Sobre o Autor:
Victor Victor. Assisto de tudo desde que não tenha animais falantes. Encaro o cinema como arte quando é necessário e fico com os olhos brilhando ao ver o caos, a gritaria e a barulheira de uma cidade grande sendo destruída na telona. [Perfil completo]

25 de abr de 2012

What a Girl Wants

Tudo Que Uma Garota Quer
Ano: 2003
Com quem? Amanda Bynes (Ela É o Cara), Colin Firth (O Discurso do Rei), Kelly Preston (A Última Música), Oliver James (Na Trilha da Fama).
Diretor: Dennie Gordon

É sobre o quê? 
Daphne é uma garota norte-americana comum, tem um emprego e uma ótima vida com sua mãe, mas sempre sonhou em conhecer seu pai. Ela decide então ir para o Reino Unido atrás dele, mas se surpreende ao descobrir que ele está concorrendo a ser reeleito o primeiro-ministro do país. Além de um choque para ambos, muitas pessoas tentarão se livrar de Daphne com medo de perder a posição.

Eu gostei de:
Blah. O filme e engraçadinho, um típico filme adolescente que imagino que as garotas de 13 anos amam, então tem suas cenas bonitinhas e engraçadas. Acho que é bem o tipo clássico de filme da Amanda Bynes.

No romancinho, eu gostei. Até que saiu um pouco do original, mas os dramas são sempre os mesmo de "me avisa quando a garota que eu conheci voltar" e blablabla. Adorei as roupas e a trilha sonora é bem animada. Mas sinceramente, se já assistiu qualquer outro filme de pré-adolescente, não vai perder muita coisa.

zZzzZZzZz

Eu não curti:
E se eu disser que é justamente o fato de ele ser igual aos outros? Aqueles dramas adolescentes de problemas com os pais e umas coisas que acontecem que ou é 8 ou é 80 (do tipo: moça tem que se comportar > se comporta até demais > mocinho não entende a mudança > ela perde tudo  fica chorando) E aí chega no final, tem aquela surpresa que o torna o final mais feliz e perfeito de todos. Sabe, a vida não é assim.

Não que eu esperasse muita coisa, claro, mas é que acabei encontrando isso:

"O enredo de Tudo Que Uma Garota Quer vem de uma peça escrita por William Douglas Home, cujo irmão fez a mesma coisa que Henry e se tornou primeiro-ministro da Inglaterra. A peça já tinha virado filme em 1958, pelas mãos de Vincente Minelli, mas naquela época a personagem adolescente não era a protagonista e, no fim, se tornava uma mulher. Agora, é o resto da Inglaterra, que deve aprender com Daphne que os norte-americanos são muito melhores, que vira adolescente."

Eu estava esperando algo um pouquinho mais elaborado e não tão...blah. Tinha um contexto para ser legal mas não, eles tinham que comercializar esse também. 

E sei lá, nunca fui muito com a cara da Amanda Bynes.

Mas vale a pena?
Olha, não. Não vá procurar o filme para assistir a não ser que seja um filme exatamente "sem água nem açucar" o filme que você procura. Ok, é engraçadinho, tem sua diversão, mas use o tempo assistindo um filme realmente bom. Não odiei, dá pra passar o tempo, mas também penso no precioso tempo que eu perdi. Acho que indiferença me expressa bem.

Você vai gostar se...
Gosta de filmes de pré-adolescente, com temática de problemas de pré-adolescente e um pouco de exagero, aquele filme pra iludir sua prima de 13 anos que a vida é linda e ela consegue ser tão linda e correta como a protagonista.

Em uma cena que salva o filme:




Sobre o Autor:
Hany
Ani. Não sou de julgar um filme antes de vê-lo, mas se não me animo logo no título, gênero ou trailer, raramente estará na lista de prioridades. Sou meio contraditória porque detesto romances, mas choro com qualquer outro filme bonitinho. Não gosto de clichês e, no fundinho, eu sempre quero que o filme me surpreenda e não tenha o final feliz esperado.[Perfil completo]