• Cloud Atlas: Uma viagem pela história da humanidade.

  • Gangster Squad: Emma e Ryan sendo uns lindos.

  • Les Misérables: ♫ But the tigers come at niiiight ♫

28 de set de 2012

Moonrise Kingdom

Moonrise Kingdom (?)
Ano: 2012
Com quem? Jared Gilman & Kara Hayward, Bruce Willis (Pulp Fiction), Edward Norton (Clube da Luta), Bill Murray (Encontros e Desencontros), Frances McDormand (Fargo), Tilda Swinton (Queime Depois de Ler), Jason Schwartzman (I <3 Huckabees).

Direção: Wes Anderson (A Vida Marinha com Steve Zissou).

É sobre o quê?
A história se passa nos anos 60, em New England, numa ilha bem isolada chamada New Penzance, onde nem asfalto tem e as correspondências são entregues por avião. Sam, um escoteiro órfão, desaparece um dia de seu acampamento e logo encontra Suzy, uma garota deprimida e cansada de tudo. Os dois então  pegam suas coisas fogem juntos, deixando todos aflitos pela ilha.

Eu gostei de:
Tudo :)

O roteiro não é nada ambicioso e o filme tem obviamente um enfoque meio infantil, já que os protagonistas são crianças de 12 anos. Mas mesmo assim é uma história que pode cativar gente de todas as idades. Pois tem um toque muito caricato, há umas piadas meio de humor negro (e adultas) e uns diálogos bem elaborados, parece até adaptação de livro (mas não é).

Hipster alert!

A direção é bem peculiar, bem como os cenários, as paisagens (que são lindas), os figurinos e a trilha sonora. Se a aventura por si só não prender a sua atenção, os personagens irão. Claro que com um elenco digno desses, não poderia ser ruim. Não vou nem comentar desses super atores aí, porque o que rouba a cena mesmo é o casalzinho.

@_@

O menino é daqueles nerds bem "não sei viver em sociedade", e a menina é uma mistura de Hermione com a April (de Parks and Recreation) e me lembrou a Ani rs. Eles tem um ar de maduros, só que fica bem evidente que são bem mirins. E esses atores iniciantes têm um grande futuro pela frente (já to prevendo rs).

s2

Eu não curti:
Nem sei viu. Acho que poderia ter um pouco mais de destaque para os draminhas dos coadjuvantes, mas com certeza a intenção era fazer um filme bem leve, daqueles "feel good" sabe? Então não vou nem reclamar que queria lágrimas, rs.

E vale a pena?
VALE, com certeza. Tem só 90 minutos e é divertido, inocente, diferente, meio bobo até. Mas é legal demais, tem uma mensagem bonita e deixa a gente sorrindo o tempo inteiro. Típico filme para ver de tardezinha e toda vez que passar na televisão (já to prevendo [2])

Você vai gostar se...
Você é o Vitor. Se gostou de Meu Primeiro Amor (sim, o da Sessão da Tarde), Flipped, Desventuras em Série, Os Excêntricos Tenenbaums, O Jardim Secreto... porque este filme é uma mistura de todos estes citados. Na verdade, pra gostar de Moonrise Kingdom, basta não ser um chato amargurado.

Em um fato: Este filme vai ser um daqueles clássicos no futuro, já pode adicioná-lo à Lista de ontem do blog. (já to prevendo [3]).

Sobre o Autor:
VinnieVinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

27 de set de 2012

Todo mundo adora uma lista #31: Os classicões do nosso futuro.

Sabe quando pensamos em ‘Curtindo a vida adoidado’, ‘Gatinhas e Gatões’? Vem logo na nossa cabeça: ‘Putz, clássicões dos Anos 80’. Toda década tem seus clássicos, e pensando nisso, resolvi pensar em alguns filmes que poderiam ser os novos futuros clássicos dos anos 00/10. Aqueles filmes que lá em 2030 vamos lembrar e pensar: ‘nooooossa, que filme legal, que saudade daquele tempo’. Enfim.. Filmes indicados ao Oscar, tipo ‘Cisne Negro’, ‘A Origem’ e coisa e tal, NÃO VALE OK? Portanto nem precisa comentar que faltaram eles.. Qual mais vocês acham que vão ser os classicões dessa era? Vamo lá gente :D


É sobre o que? Depois de socar a cara de um professor, Kale é obrigado a ficar em prisão domiciliar. Ele tem uma tornozeleira que controla todos os seus passos e caso saia da linha, vai pra cadeia na hora! Movido pelo tédio, ele começa a espionar seus vizinhos com um binóculo, e tudo ia bem, até ele começar a desconfiar que um de seus vizinhos é um perigoso serial killer *booooooooom*
‘Paranóia’ é aquele típico suspense que agrada a todos. Tem uma história legal, atores bonitos, cenas engraçadas e MUITA tensão. É daqueles filmes que nós assistimos com gosto, sem sentir o tempo passar.. é também um filme que ninguém nunca esquece. O ringtone pervertido, o saco de cocô em chamas, a torre de bolinhos.. é um filme muito, muito, muito legal.. ta na cabeça de todo mundo e não vai sair tão  fácil :))


É sobre o que?  Cady é a garota nova no colégio e ninguém ta nem ai pra ela.. até o dia que ela conhece Janis Ian, uma garota introvertida que nutre um ódio declarado por Regina George, a menina mais popular e influente da escola. Juntas e com sangue nos olhos, elas bolam um plano para acabar de vez com o reinado da tirana do mal.
Vish, esse daí ganhou o coração da galera de imediato. Regina George e Cady Heron são tão populares quanto Jesus Cristo para os jovens de hoje em dia. A galera sabe as frases, as músicas, os detalhes.. e tipo, o filme já tem quase 10 anos de existência e ainda continua super atual,  e na boa? JÁ É UM CLASSICÃO :))


É sobre o que? Olive era a menina menos popular da escola, até o dia em que boatos sobre sua virgindade começaram a circular pela escola. A partir daí, ela vira a galinha do momento, e querendo aproveitar seus quinze minutinhos, começa a fazer pequenos favores aos necessitados.. só que a coisa começa a sair do controle e ai é só assistindo pra saber como isso desenrola <3
Esse é aquele filme que já nasceu clássico. É daqueles que a galera assiste com sorrisinho no rosto e que decora os diálogos sem muito esforço. Um ótimo elenco, ótima história e cenas engraçadas e memoráveis, fizeram de ‘Easy A’ um filme muito gostoso de se ver e que todo mundo ama <3


É sobre o que? Tom acabou de terminar (risos) seu namoro com Summer.  Curtindo a fossa, ele resolve relembrar seus 500 dias junto com a amada, para assim entender aonde tudo foi por água abaixo entre ele:’)
Só aquela cena do elevador, com a Zooey Deschannel cantando ‘The Smiths’, já valeria uma lista chamada: ‘os momentos mais fofos do cinema.’. E esse filme é justamente isso: FOFO. São tantas as cenas, são tantas as frases, os momentos, que a galera se apaixonou. De 10 pessoas que assistem ele, 7 colocam nos favoritos. Tenho certeza que daqui há 15 anos, esse filme ainda vai continuar fresquinho na cabeça de todo mundo e a Sessão da Tarde vai estar passando ele direto :D


É sobre o que? 5 amigos vão passar o final de semana em uma cabana na floresta, e é só isso que vocês precisam saber, o resto pode ser considerado spoiler ;)
Um daqueles filmes de terror que todo mundo vai ver e amar. (Ainda não estreou nos cinemas nacionais, mas já é unanimidade entre todos que assistiram.) O filme é uma mistura de tudo que possa existir de clichê, e tipo, é MUITO FODA. Nós ficamos o tempo todo com os olhos brilhando, é tudo tão cool, tão WOW, que dá vontade de gritar, haha.. É engraçado, empolgante e acima de tudo INOVADOR. Já nasceu clássico e não  tenho dúvidas <3 <3
** Estréia nos cinemas nacionais em 02/11.
*** Já tem pra download :P


É sobre o que? Um casal resolve adotar uma criança, a escolhida é a meiga e sorridente e culta, Esther. Só que coisas estranhas começam a acontecer nas redondezas, e tudo leva a crer que a menina não seja tão santinha como aparenta. UuUuuUuUuUUuUuUuuUu
‘A Órfã’ é um filme que quando os créditos finais sobem, nós ficamos quietos olhando as letrinhas durante um tempinho. Ele mexe com nossas emoções. Ficamos por quase 2horas com raiva, querendo dar um soco na boca daquela menina, querendo chamar a policia.. Quando a revelação final acontece então, nossss..  é um filme tenso e intenso, bom demais. As não esquecem fácil dele, portanto... acho que merece um espacinho aqui,  né? :)


É sobre o que? Sophie e Alex tem apenas alguns dias para escrever uma canção nova para uma diva pop. Só que o tempo está cada vez mais curto e a dupla cada vez se desentende mais, será que os dois vão conseguir deixar as divergências de lado e cumprir o prazo? :D #mistérios #enigmas #missões
Drew Barrymore e Hugh Grant socam fofura na cara da raça humana neste filme. Os dois tem uma ótima química e gente, é lindo, liiiindo demaaaaais. As músicas são ótimas, o clima levinho e descontraído é ótimo, os atores são ótimos, é tudo ótimo, é tudo lindo.. and I said I wasnt gonna loose my head, but then POP! goes my heaaaaaaaaaaart… (8)


É sobre o que? Dylan acaba de chegar em NY e é recebido por Jamie. Os dois acabam ficando amigos, e um belo dia resolvem ser amigos.. hm.. com benefícios. Tudo está perfeito, até que bem, vocês já devem imaginar, né? <3
Sabe aquele filme onde você torce imensamente por um casal? Que você torce imensamente para eles serem felizes para sempre em cima de um unicórnio, rumo ao arco íris? É esse. Mila Kunis e Justin Timberlake tiveram meu coração na mão deles enquanto eu assistia ‘Amizade Colorida’. Eles poderiam cuspir na minha cara e eu acharia a coisa mais linda. O filme é foda demais, engraçado demais, tudo funciona nele.. e pra mim já é um clássico, sério, uma comédia romântica mais do que obrigatória. <3


É sobre o que? É a história da Rapunzel contada pela Disney. Já era, quer mais motivos pra ver esse filme?
Lembra o que Alladinn foi pra nossa geração, galera? Que nós cantávamos as músicas, e tudo mais.. Então, eu tenho a sensação (e torço muito, rs) que ‘Enrolados’ vai ser o mesmo pra essa nova criançada ae. As músicas são ótimas, nostálgicas, daquelas que a gente até suspira pois volta uns 15/20 anos no tempo, na época onde não precisamos tirar extrato no banco. Rapunzel e Flynn Ryder são carismáticos demais e conseguem SIM cativar uma nova geração! TO EXAGERANDO, GENTE? <3


É sobre o que? O filme se passa em 2020, e invés dos humanos lutarem, eles são substituídos por robôs. Um belo dia, pai e filho acham um robô abandonado em um lixão e resolvem treina-lo para ser um dos maiores  lutadores que o mundo já viu <3 <3 <3 <3 <3  
Aventurazinha delícia essa ai! Afinal, quem não curte ver robozôes saindo no braço, né não? Efeitos especiais lindos, elenco lindo e um filme mais do que empolgante, EMOCIONANTE. Lembro quando assisti no cinema, a galera ia ao delírio! Sério, era uma coisa fora do comum, nas cenas de luta a galera batia palma, torcia MESMO e não era uma coisa forçada. Achei ótimo, não era uma coisa histérica tipo ‘Crepúsculo’, sabe? Sei lá, eu amei demais esse filme e tenho certeza que vocês também.. é um puta filmão cativante, merece muito <3


Sobre o Autor:
Victor Victor. Assisto de tudo desde que não tenha animais falantes. Encaro o cinema como arte quando é necessário e fico com os olhos brilhando ao ver o caos, a gritaria e a barulheira de uma cidade grande sendo destruída na telona. [Perfil completo]

24 de set de 2012

The Five-Year Engagement

Cinco Anos de Noivado
Ano: 2012
Com quem? Jason Segel (Jeff Who Lives At Home), Emily Blunt (O Diabo Veste Prada/The Jane Austen Book Club), Chris Pratt (Uma Noite Mais Que Louca/Parks & Recreation), Alison Brie (Comunity).

Direção: Nicholas Stoller (Forgetting Sarah Marshall).

É sobre o quê?
Depois de um ano de namoro, Tom pede Violet em casamento. Porém, a moça recebe uma proposta para fazer um pós doutorado em outro estado, o que faz os casal adiar a cerimônia. O problema é que a cada momento surgem novos obstáculos e eles acabam adiando e adiando...

Eu gostei de:
Gente, acho que está surgindo um novo gênero de filmes, rs. Não sei se este filme se caracteriza como comédia romântica, drama ou só comédia... então vou chamar o gênero de dramédia romântica (kes).

Eu gostei bastante do roteiro. É bem amarrado, inteligente, com umas piadas legais e cenas de fofices. Parece tudo bem real, o que é raro para uma comédia romântica. Além disso não tem muito clichê e a história vai indo pra um rumo que a gente nem espera, achei interessante.


Os personagens também são bem realistas e os protagonistas têm muita química (afinal, quem não tem química com o Jason Segel?). Além disso os coadjuvantes dão um extra no humor e no elenco tem a moça do Comunity, a indiana do The Office, o Chris Pratt do Parks and Recreation etc.

BOOM esse crossover :)

Eu não curti:
Bom, o filme parece um pouco longo demais, aí fica um tanto cansativo, chega uns momentos bem down que dão uma certa preguiça. Mas eu entendo que tudo isto é justamente o que faz o roteiro não parecer como uma comédia romântica qualquer.

Outra coisa que eu não curti foi que o casal principal é muito uma versão dramática do Marshall & Lily do How I Met Your Mother. O Jason Segel é um dos roteiristas e talvez isso explique muita coisa. Mas kd criatividade glr?


.
.
.

oi :)

E vale a pena?
Vale sim! Pra quem gosta desses romancinhos engraçados, vai adorar. Não sei se é válido ver no cinema, porque pode ser um pouco cansativo (principalmente se você for um namorado desinteressado que vai só pra agradar a parceira, rs). Mas é ótimo para assistir na tv, numa tarde de frio etc.

Você vai gostar se...
Gosta de How I Met Your Mother e destas dramédias da vida. Se você curtiu filmes como Jeff Who Lives At Home, Win Win, Amizade Colorida, Our Idiot Brother etc.

Em uma necessidade: Precisamos de mais "comédias românticas" como esta.


Sobre o Autor:
VinnieVinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]

21 de set de 2012

Private Romeo

Private Romeo 
Ano: 2011
Com quem? Hale Appleman (Smash), Matt Doyle (Gossip Girl), Seth Numrich (Gravity) e Charlie Barnett (Chicago Fire). 

Diretor: Alan Brown (Book of Love)

É sobre o quê? 
Com falas originais da peça Romeo e Julieta, esta nova adaptação se situa em uma academia militar onde dois cadetes acabam se apaixonando. 


Eu gostei de: 
Basicamente... nada. Infelizmente fui com tanta sede ao pote que acabei bebendo água suja (#novosditadospopulares). Era para se imaginar que depois de tantas adaptações não seria tão difícil reinventar Romeo & Julieta usando os diálogos originais. Fizeram algo sensacional misturando gangs com o drama de William Shakespeare em “Romeu + Julieta” porque seria tão difícil misturar militares com uma das maiores histórias de amor? 

Para não dizer que não gostei de nada, apenas uma cena chegou a chamar a minha atenção porque parecia um desses vídeos do youtube de gente dublando músicas sem saber a letra. Ela é tão sem graça, tão irrelevante, tão aleatória que acho que só quis assistir o filme para visualizar o final que todo mundo já conhece. 

Até que são fofinhos
A tentativa de adaptar tudo para um romance gay incomum entre dois militares é até boa, mas infelizmente o roteiro não ajuda muito e o desenvolvimento fica fraco demais para diálogos tão fortes. 

Eu não curti: 
Tirando o fato que usando os diálogos originais tudo fica estranho demais para se simpatizar com “A Julieta” e “O Romeu” não existe nenhuma característica dos personagens na atuação do elenco. Às vezes existe uma tentativa de mostrar inocência e do desejo contido da descoberta do amor que a Julieta da peça transparece ou a ansiedade de Romeu em ter a certeza que seu amor é correspondido, mas tudo isso é raso demais para sentir o DRAMÃO que essa história originalmente (ou outras adaptações) apresenta. 

Vale a pena?
Nope. Se você se interessa, ou ao menos, acha que a combinação pode até dar certo então talvez possa acabar gostando muito mais do que eu. Tudo que eu queria era ver o filme acabar da maneira mais épica só para eu morder a língua e morrer envenenado, mas nem isso acontece. Eu nem consigo me lembrar direito da história (e olha que já li e já assisti diversas adaptações) que segue paralelamente aos diálogos. 

♫  ♪♬ Marcha soldado, cabeça e papel... rs  ♩♫♬

O elenco é fraco, ou talvez o roteiro seja mais fraco e nem atores medíocres conseguiram carregar o filme nas costas, que consegue irritar mais do que agradar. Nem ser composto só de caras bonitos chega a ter alguma relevância na qualidade, é igual a novela Malhação que nem “elenco bonitinho” salva. Se você quer ver soldados carecas sarados então sugiro que você vá procurar em outro lugar


Você vai gostar se...
Gosta de militares melodramáticos que, provavelmente, estariam dançando Michel Teló. Algo como “Romeu, Romeu, onde estás e ai se eu te pego, ai, ai se eu te pego!”. 

Em um alívio: ainda bem que fui dispensado do serviço militar rs




Sobre o Autor:
Kabe Kabe. Eu costumo prestar atenção em detalhes sem relevância nos filmes e expandir a história na minha cabeça antes mesmo dos créditos iniciais começarem. Um filme perfeito seria aquele sem gênero definido em que a Elle Fanning chora com um Alien de bow tie enquanto o espaço explode em slow motion. Ah, e eu converso com os personagens. [Perfil completo]

20 de set de 2012

Todo mundo adora uma lista #30: Os futuros novos astros de Hollywood.

Na lista dessa semana, estão os atores que estão ganhando cada vez mais espaço em Hollywood. Eles estão fazendo cada vez mais filmes e aparecendo com seus rostinhos impecáveis e sorrisos branquinhos nas telas de nossos cinemas. Grandes produções, pequenas produções, não importa.. eles tem tudo para ser a nova geração de Hollywood. Vem comigo :)


A irmã mais nova da Ashley e da Mary Kate (siiiim, população.. elas mesmas!!) ta cada vez mais conhecida e emplacando vários filmes. ‘A Casa Silenciosa’, ‘Poder Paranormal’ e o elogiadissimo  ‘Martha Marcy May Marlene’ foram algum deles, e tipo, a menina manda MUITO bem. Linda, carismática, e acima de tudo, uma excelente atriz.. tem tudo pra ser uma nova estrela de Hollywood, sem dúvidas.


Começou como quem  não quer nada como o padre inexpressivo apaixonado pela sereia e ‘Piratas do Caribe 4’, pegou a Kristen Stewart em ‘Branca de Neve e o Caçador’ e agora vai ser nada menos que um dos personagens mais legais da série ‘Jogos Vorazes’, Finnick Odair. Se continuar nesse ritmo, o cara ta feito... vamos ver, né?


É a queridinha do momento e dispensa comentários, né? Chloe nem completou seu sweet sixteen ainda e já tem mais personagens marcantes na sua carreira do que muito ator velho por aí, rs. Em 2013 chega aos cinemas o remake de Carrie, a Estranha, protagonizado por ela, e não preciso nem dizer que estamos ansiosos pra saber no que isso vai dar, né? Não há duvidas de que essa garotinha já é uma estrela.


O cara começou pequeninho, com filminhos bobinhos e hoje em dia tipo, ta lavando a égua de ganhar dinheiro. As meninas amam, os filmes dele são legais e ele tem um carisma que é de dar inveja.. ta no caminho certo esse garoto ♥

pfvr meditando
Essa bonitinha já fez vários blockbusters, tipo, ‘Principe da Persia’, ‘Furia de Ttiãs’ e ‘007 – Quantum of Solace’. Ano que vem estream 4 filmes com ela, inclusive a versão dark de ‘João e Maria’, que tipo... WOW, deve ser divertidão e eu to ansioso :))


Ta ai um cara que se não for longe, eu vou ficar revoltado. Já até falamos dele naquela nossa lista de Atores que merecem mais destaque, lembram? O cara é muito bom e tem tudo pra dar certo. Mandou muito fazendo os gêmeos de ‘A Rede Social’, mas fez aquela bomba chamada ‘Espelho Espelho Meu..’ então ele perde uns pontos, mas ok, ele é bonitão, bom ator.. ele é tudo que Hollywood gosta!


Pra mim, ela é uma das melhores jovens atrizes dos últimos tempos. Começou pequenininha e toda fofa, cantando Alanis naquela comédia romântica Nunca é Tarde Para Amar e ficou conhecida depois de fazer uma personagem chave em Desejo e Reparação. Ela é daquelas atrizes que consegue falar com o olhar.. ela é linda demais! Tá com um monte de filmes pra estrear ano que vem e eu nem preciso falar mais nada, amo demais essa fofa <3


Ian é super conhecido pela série ‘The Vampire Diaries’, mas no cinema ainda não conseguiu emplacar nada, tadinho. O motivo de colocar ele nessa lista é que.. como muitos de vocês já sabem, o livro do momento é ‘Cinquenta Tons de Cinza’ e  tipo, ele está super cotado para ser ninguém menos que Christian Grey, o personagem principal da coisa toda. Se isso se concretizar, nossa, o cara ta feito, o que vai ter de mulher jogando calcinha pra ele..
Claro, é uma especulação e eu to meio que fazendo uma profecia..  mas enfim, ele tem chances... hahaha.


Tão fofinha, tão bonitinha, tão cuti cuti..  só que tem feito uns filmes tão fraquinhos. Enfim, não importa, ela é boa pra caramba e é daquelas atrizes que o publico tem bastante identificação. Vários filmes com ela vão estrear ano que vem, inclusive a adaptação de ‘Cidade dos Ossos’. Gosto bastante dela, só acho que ela tem que fazer a sobrancelha...


O irmão do Thor ta em todas. O cara começou fazendo par romântico da Miley Cyrus em ‘A Última Música’ e hoje em dia está na franquia ‘Jogos Vorazes’ e foi convidado por Sylvester Stallone para estrelar ‘Os Mercenários 2’. As meninas amam e tipo, ele querendo ou não é a estrelinha nos olhos dos produtores de Hollywood, tem futuro garantido ;)


Sobre o Autor:
Victor Victor. Assisto de tudo desde que não tenha animais falantes. Encaro o cinema como arte quando é necessário e fico com os olhos brilhando ao ver o caos, a gritaria e a barulheira de uma cidade grande sendo destruída na telona. [Perfil completo]

17 de set de 2012

Resident Evil: Retribution

Resident Evil 5 - Retribuição 
Ano: 2012
Com quem? Milla Jovovich (Os Três Mosqueteiros), Sienna Guillory (Simplesmente Amor), Michelle Rodriguez (Machete), Aryana Engineer (A Órfã), Bingbing Li (Flor da Neve e o Leque Secreto), Oded Fehr (Resident Evil 2 – Apocalipse) e Boris Kodjoe (Resident Evil 4 – Recomeço). 

Diretor: Paul W.S. Anderson (Os Três Mosqueteiros)

É sobre o quê? 
Em 'Resident Evil 5: Retribuição', o vírus mortal T, desenvolvido pela Umbrella Corporation, continua dizimando o planeta Terra. A única e última esperança da raça humana, Alice (Milla Jovovich), desperta no centro de operações clandestinas da Umbrella, e descobre mais segredos do seu passado misterioso conforme se aprofunda no complexo. Sem um porto seguro, Alice continua a caçar os responsáveis pelo vírus; uma perseguição que a leva de Tóquio a Nova York, Washington, DC e Moscou, culminando em uma revelação alucinante que irá forçá-la a repensar tudo o que ela acreditava ser verdade. Ajudado por seus novos aliados e antigos amigos, Alice precisa lutar para sobreviver o tempo suficiente para escapar de um mundo hostil que está prestes a ser destruído e blah blah blah... 

Eu gostei de: 
Toda franquia precisa de um fim. E, definitivamente, Resident Evil já deveria ter concluído sua história há muito tempo. No quinto filme, existe uma premissa de “a infestação épica do ano”, o que foi a maior enrolação, pois metade do filme não mostra nada de épico em proporções globais. E o que não é desse seguimento é, em si, épico. Não precisava de muito para agradar e assustar. A atuação de Milla Jovovich, que já deve estar cansada das roupas de couro e de correr em slow-motion, convence por estarmos acostumados com sua personagem Alice. Junto da novata Bingbing Li, as duas proporcionam cenas incríveis e têm os melhores diálogos de todo o filme. 



Um dos aspectos que vai agradar mais o público nerd/geek/fãs de zombies é essa continuação ser a mais parecida com um (ou o) jogo. Os filmes nunca tiveram a intenção de se assimilarem a extensa franquia do game dos mortos-vivos, mas dessa vez existem uma vontade de fazer um bom filme de ação que remetesse, no mínimo possível, a vibe dos jogos de zumbis (Até o Leon aparece nesse quinto filme). Acho que isso aconteceu pelo fato do diretor do primeiro filme, e roteirista dos outros, Paul W.S. Anderson tomado o comando da produção mais famosa do gênero. (Pelo menos eu acho que é a mais famosa, né?) 


Eu não curti: 
Aí... meu deus... Porque? Porque exagerar no slow-motion e economizar nas maquiagens artísticas dos zumbis? Nem os efeitos especiais (as grandes explosões, a fotografia estilo Matrix, as excessivas fulgas...) escondem a falta de criatividade no roteiro, que insiste em usar os mesmos elementos de outras cenas para aumentar o ritmo da história. É muita repetição e fica inevitável não sentir que você já assistiu a esse filme em algum lugar antes, é mais do mesmo multiplicado pela mesma equação. 

A² = A.A rs 

Nem Milla Jovovich, nem Sienna Guillory, nem Michelle Rodriguez conseguem fazer o papel de BAD-ASS no filme. Elas estão tão robotizadas que não é um absurdo imaginar que foram obrigadas a fazer parte do elenco ou morreram e um clone/cyborg foi posto no lugar delas, algo meio Paul McCartney. 

Vale a pena?
Sim. Vai lá, curte o filme, pira no 3D e grita no cinema com os sustinhos que você vai levar. Mas não imagina muita coisa não, é como se você estivesse assistindo uma prévia de algo não muito legal. Eu estava acompanhado de um fã, louco-apaixonando pela franquia, que saiu odiando a história, que eu concordo ser a mais fraca e sem conteúdo. Na verdade RE5 foi só uma desculpa para arrancar dinheiro com explosões em 3D e mulheres lindas atirando. 

Você vai gostar se...
Adora ouvir, de novo e de novo, a frase “Meu nome é Alice...”. Se curte zumbis, vai se decepcionar, se gosta de bons filmes também vai se decepcionar, agora se não se importa com muitas coisas e só gosta de curtir vai adorar. Vai rir, gritar, se assustar e curtir. 

CLICA AQUI E ENTENDA  ESTA IMAGEM

Em uma constatação: faltou Skrillex para o filme ficar épico, faltou workshop de atuação, faltou vergonha na cara, faltou muita coisa.






Sobre o Autor:
Kabe Kabe. Eu costumo prestar atenção em detalhes sem relevância nos filmes e expandir a história na minha cabeça antes mesmo dos créditos iniciais começarem. Um filme perfeito seria aquele sem gênero definido em que a Elle Fanning chora com um Alien de bow tie enquanto o espaço explode em slow motion. Ah, e eu converso com os personagens. [Perfil completo]

16 de set de 2012

Ella Enchanted

Uma Garota Encantada
Ano: 2004
Com quem? Anne Hathaway (The Dark Knight Rises), Hugh Dancy (Histeria), Minnie Driver (A Condenação), Vivica A. Fox (Kill Bill vol. 1), Lucy Punch (Professora sem Classe).

Direção: Tommy O'Haver (Um Crime Americano)

É sobre o quê?
A história se passa numa terra típica de conto de fadas, onde habitam fadas, reis, princesas, ogros, gigantes etc. Após o nascimento de Ella, sua família recebe a visita de uma fada madrinha bem incompetente e que dá sempre os piores presentes. No caso, o presente para ela foi o dom da "obediência". Porém, o negócio é  bem literal e a menina passa a obedecer toda e qualquer ordem que alguém lhe der.

Eu gostei de:
Bom, este filme é de 2004. O que significa que eu tinha 15 anos quando ele foi lançado. Ou seja, eu não tinha muito interesse em correr pro cinema pra ver isto daqui, por isso assisti só agora.

Este filme é obviamente um filme infantil. Então tem uma história bonitinha, tem músicas, criaturas encantadas e tudo que uma criança gostaria de ver. A Ella é uma personagem bem cativante. Ela é rebelde, revolucionária, mas bem fofa e divertida. Claro que isso foi perfeito pra Anne Hathaway né? Eu diria que ela e a antagonista, que é interpretada pela Lucy Punch, são as únicas coisas boas do filme.

Pfv, Anne linda forever

Além disso, tem uma mensagem bem educativa e inspiradora para a molecada, rs.

Imagina a Ella no facebook que mala... 

Eu não curti:
Então, eu não quero ser o chato que mete pau em filme de criança, mas vou te falar hein, é bem fraquinho. A história parece bem inprovisada, sabe? As coisas não se encaixam muito bem e parece que estamos vendo varias cenas isoladas e isso tira todo o interesse pelo filme.

Os personagens são os mais aleatórios, ninguém serve pra nada no filme. Sério, tem um livro bem mongo, um elfo "rabugento" que não faz nada etc. Sem falar que as piadas não funcionam direito. Eu ri muito com Shrek, Toy Story, Encantada, Enrolados etc (chorei muito em todos). E vi tudo depois de grande! Ou seja, o problema é com esse filme mesmo, rs.

keish

Sem falar que é bem previsível. Não o final, mas tudo: os diálogos, as piadas, os twists na história...subestimando as criançada legal.
(please don't hate me).

E vale a pena?
Depende da faiza etária. Acho que até uns 10 anos pode ser legal, pricipalmente para meninas ou garotinhos gays rs. Se bem que hoje em dia tem tantas animações e filmes mais divertidos que até as crianças vão achar esse meio tosquinho (vou conferir com a minha sobrinha rs). Mas no geral, é tranquilo de assistir.

Você vai gostar se...
Gosta de Disney, Pixar, contos de fadas e filmes Made-for-TV, porque é o que Ella Enchanted parece. Ou se você gosta da Anne Hathaway (cantando linda rs) e do Hugh Dancy, que estão novinhos e fofinhos e talz.


Em uma provável verdade: O filme não deve fazer justiça ao livro.



Sobre o Autor:
VinnieVinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]