20 de jan de 2013

Django Unchained

Django Livre
Ano: 2012
Com quem? Jamie Foxx (Dreamgirls), Christoph Waltz (Bastardos Inglórios), Leonardo DiCaprio (A Origem), Kerry Washington (Ray), Samuel L. Jackson (Jackie Brown).

Direção: Quentin Tarantino (Pulp Fiction).

É sobre o quê?
O filme se passa no sul dos Estados Unidos, no ano de 1858. Django é então um escravo que acaba cruzando o caminho do Dr. Shultz, um caçador de recompensas alemão que decide comprar Django em troca de alguns favores. Após alguns trabalhos bem sucedidos, o generoso Dr. Shultz resolve auxiliar o ex-escravo em uma missão pessoal: resgatar sua esposa, também escrava, que há alguns anos foi vendida para um inescrupuloso fazendeiro.

Eu gostei de:

T.U.D.O. BOOM

Até eu que sou fã dos filmes do Tarantino não esperava que Django fosse assim tão bom, principalmente porque eu não sou lá muito ligado em filmes Western. Mas o roteiro é impecável. Além da história ser perfeitamente construída, sem nenhum furo nem nada, sabemos que há várias coisas não contadas no filme, é como se ele tivesse escrito a biografia de todos os personagens antes de fazer esse roteiro (aliás, todos os filmes do cara são assim).

Os personagens são incríveis também. A simpatia pelo Django e o Dr. Shultz é instantânea. Afinal, um é um escravo sofrido (não tem como não torcer por ele) e o outro é simplesmente. awesome. e. badass. É interessante ver a interação dos dois, porque o doutor é um europeu culto e o outro... bom o outro é um escravo, coitado. Em 20 minutos de filme e eu já amava todo mundo.

"Kill white people and get paid for it? What's not to like?"

O Leonardo DiCaprio também está humilhando e ainda tem o Samuel L. Jackson sendo absolutamente hilário (o cinema ria toda vez que ele aparecia em cena). Diferentemente de Bastardos Inglórios, em Django Unchained até os vilões são carismáticos.

"O que foi que você disse?"

"Nigga, please!"

O resultado final foi um filme engraçado, violento, dramático, bonito e com aquela direção peculiar (olha eu pedante) do Tarantino. E a fotografia meio vintage western ficou bem parecida com aqueles bang bang das antigas. A trilha é algo a se destacar também, vai desde o country e o folk até uns raps bem pesadões - DEMAIS.

Eu não curti:
Sinceramente, achei o filme perfeito. Mas pessoalmente eu preferiria que o vilão fosse bem mais evil do que é na história, porque o cara é mau, mas às vezes parece que não é... aí nem sempre ele evocava a tensão necessária (na minha opinião rs). Outra coisa que eu senti falta foi de ter alguma mulher fodona na história e não apenas a sofrida da Broomhilda.

E vale a pena?
Hell yeah! 20 minutos de filme e eu já estava quase chorando... não porque rolou algum drama, mas pq era de fato tão bom quanto o povo tava falando. São 2h e 45 min que passam voando. É entretenimento puro, do começo ao fim. A ação funciona, o drama funciona, o sangue funciona, o romance funciona, as piadas funcionam, até a estética funciona... sério... I can't even...

<3

Você vai gostar se...
Se gosta de filmes de Velho Oeste, se curte temas históricos ou sérios como escravidão, guerra civil, racismo, mas abordados de uma maneira não mala (rs). Se gosta dos filmes do Tarantino, acho que este é um dos melhores, gostei mais do que Bastardos Inglórios, com certeza.

Em um ator que merece ganhar o Oscar outra vez: 




Sobre o Autor:
VinnieVinnie. Eu não tenho filtros e vejo qualquer tipo de coisa. Gosto de drama, ação, terror, comédia e não tenho preconceitos (vou de cult a blockbusters e trashões). Sou fanático por premiações e futilidades de Hollywood. Odeio spoilers mais que tudo. [Perfil completo]


11 comentários:

  1. Realer Than Real rs.

    Acho que o leo apareceu pouco demais, e pra mim o verdadeiro vilão acabou sendo o samuca

    ResponderExcluir
  2. Errado Renan, o vilão da história é o racismo e o preconceito.

    #KES

    ResponderExcluir
  3. Eu casaria com o Christoph Waltz

    ResponderExcluir
  4. Eu casaria com o Vinnie

    ResponderExcluir
  5. Eu casaria com o Jamie Foxx. Ou com o Vinnie.

    ResponderExcluir
  6. Eu casaria com o Renan. Ou o Vitor e o Kabe

    ResponderExcluir
  7. Ai, pq vc me odeia? (vinnie)

    ResponderExcluir
  8. Nossa é muito bom esse filme, a trilha sonora é muito amor e aquele sangue todo? <3

    ResponderExcluir
  9. Ai Vinnie HAUAHUAHAU Eu casava fácil com você também, seu lindo <3

    ResponderExcluir
  10. Assistiontem e entendo perfeitamente vc falar que sentiu falta de uma mulher forte na historia! Podia ter sido aquela monga irmã do DiCaprio por exemplo, mas se fosse outra atriz..melhor

    ResponderExcluir