06/02/2013

Argo

Argo
Ano: 2012
Com quem? Ben Affleck (Demolidor), John Goodman (O Artista), Alan Arkin (Pequena Miss Sunshine) e Bryan Cranston (Drive)
Direção: Ben Affleck (Medo da Verdade)

É sobre o que?
"O filme se passa em 1979, durante a chamada Crise de Reféns no Irã. Com a recusa do governo dos Estados Unidos de entregar o xá Reza Pahlevi, deposto pelo aiatolá Khomeine, as massas furiosas invadiram a embaixada estadunidense, fazendo 54 prisioneiros. Seis funcionários, porém, conseguiram escapar, refugiando-se na casa do embaixador canadense em Teerã. Desesperada para extraí-los do país, a CIA aceitou o plano do agente secreto Tony Mendez (Ben Affleck), de criar um filme falso com local de filmagem no Irã para chegarem aos reféns." - sinopse mais ou menos extraída do Omelete.

Eu gostei de:
A história é surreal! É tipo uma grande piada o plano de resgatar os reféns através de um FILME FALSO com o financiamento dos figurões de HOLLYWOOD, mas tudo é muito bem elaborado e a piada acaba tendo muito graça e inteligência.

O cara que teve essa ideia ou foi um gênio ou fez um comentário tirando um sarro numa reunião da CIA que acabou por ser levada a sério demais. O que importa é: deu uma puta de uma história, muito, mas muito bem planejada.


esse é o cartaz original do filme falso

Outra coisa que me surpreendeu foi o cenário da Teerã dos anos 70 (que eu imagino ter sido construído em estúdio e não filmado na cidade de verdade pq né), vocês tem que assistir pra entender, mas é realmente perfeito. Não digo isso porque sou very cult e sei como era o Irã nos anos 70, mas porque nos créditos as imagens verdadeiras aparecem e a gente vê como foi tudo seguido à risca. Aliás, também curti bastante essa parte, porque mostra as pessoas de verdade, os reféns, os agentes, o maquiador John Chambers, todo mundo, e a gente percebe como se preocuparam com os detalhes originais.

Eu não curti:
Bom, eu não gosto do Ben Affleck como ator, e nesse filme não foi diferente, não gostei também. Nem vou dizer que me decepcionei, porque já nem esperava nada. Fiquei decepcionada na verdade quando li que ele protagonizaria o filme, porque além de não curtir a atuação do cara tenho muitos problemas com diretores que querem aparecer nos filmes (menos com a Lena Dunham em Girls <3). Até gostei do trabalho dele como diretor sim, mas não me deixou entusiasmada o suficiente.


#MESMA #CARA #SEMPRE

Por falar nisso, me incomodou bastante o roteiro. Achei extremamente corrido. Apesar de ter duas horas, as sequências são tão rápidas e confusas quanto o Will Smith cantando a abertura de Um Maluco no Pedaço. Porra, tinham uma história tão sensacional na mão, poderiam ter aproveitado muito melhor né? Faltou desenvolver, o tempo lá no Irã pareceu passar muito rápido. Isso me deixou bem chateada.


VAI GENTE TEMOS 30 SEGUNDOS PRA MOSTRAR 90 CENAS CORREM

E ah, sobre o suspense, durante as cenas eu ficava bem tensa mesmo, mas logo depois que acabava eu percebia o quanto elas eram previsíveis. Sem novidades.

E vale a pena?
Eu detesto falar que um filme não vale a pena, mas esse vou dizer que talvez não valha.
Pela história sensacional vale sim, pra ver o desenrolar dela, mas pelo filme em si, não. Eu até entendo porque foi indicado ao Oscar, GG e tal, mas não concordo. Sinceramente, não vi nada de especial no filme.

Você vai gostar se...
Gosta de filmes sobre guerras e afins, gosta de histórias mirabolantes e salvadores da pátria, ou gostou de filmes como O Suspeito.

Em uma conclusão: que se dane Lincoln e Argo e tudo o que existe no mundo, melhor filme do ano mesmo, pra mim, É O DJANGO. BJS FUI







Sobre o Autor:
Eugenia Eugenia Adoradora de filmes com personagens perturbados, sou maníaca por animações esquisitas e até pelo dedão do Tim Burton. Assisto qualquer coisa, nem que seja pra falar mal depois hehe.[Perfil completo]

5 comentários:

  1. Não achei o texto muito bom não.. mas você é linda, tem icq, bip, etc?

    ResponderExcluir
  2. Nossa, concordo com tudo. Vou passar o link pra um amigo pq to com preguiça de dizer o que achei e você disse tudo.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada! Fico feliz!
    Apenas uma palavra: overrated

    ResponderExcluir